Tipo de vidros para as suas janelas

tipos-vidros

Desenvolvemos um dos componentes que marcarão a eficácia das suas janelas: os vidros. Perante a grande variedade de opções, na maioria das ocasiões sentimo-nos angustiados por não saber qual das alternativas que nos estão dando sobre os mesmos para a nossa janela é a ideal. Por isso, vos damos conta de forma breve das principais opções de vidro duplo que podem encontrar no mercado:

 

Vidros laminados ou de segurança

São aqueles que são constituídos por dois ou mais vidros através do uso de uma cola especial conhecida como polivinilbutiral ou PVB, material plástico com excelentes qualidades de aderência, elasticidade, transparência e resistência. Com este produto a janela vê-se reforçada e melhorada no seu isolamento acústico e em segurança. Esta última é devida ao facto de que, em caso de rutura do vidro, os fragmentos deste manterem-se colados ao PVB e não se espalharem pelo solo, evitando assim eventuais incidentes e cortes.

 

Vidros de baixa emissividade

Este tipo de vidros é o mais utilizado para obter-se isolamento térmico e poupança energética. O que se faz é incorporar uma película invisível na face interior do vidro para impedir a transmissão da energia, através do qual é mantida a temperatura no interior do aposento e não haver perdas de calor através das janelas.

 

Vidros temperados

Usam-se principalmente quando combinados com os vidros laminados, já que com vidros temperados consegue-se aumentar a resistência. Estes vidros são submetidos a um processo de aquecimento seguido de outra fase de rápido arrefecimento, e com isto consegue-se obter uma melhoria da resistência mecânica e do isolamento térmico. Além disso, em caso de fratura do vidro, os fragmentos resultantes serão diminutos e com arestas  arredondadas que reduzem o risco de cortes.

 

Vidros com controlo solar

O que se leva a cabo neste caso é introduzir uma película metálica para que seja refletida a luz solar que incide sobre a casa. Desta forma, obtém-se uma melhoria do isolamento térmico e uma redução da intensidade da luz que penetra na casa (coisa que se agradece nos períodos mais quentes). Além disso, os raios ultravioleta podem danificar os móveis ou outros elementos da nossa casa, de forma que este tipo de vidros consegue uma menor deterioração dos mesmos.

 

Vidros autolimpantes

A estes, é-lhes incorporado um recobrimento hidrófugo incolor repelente da água com o fim de que sempre que caiam gotas de chuva estas deslizem pelo vidro. E com isto consegue-se também que a sujidade adira com muito menos intensidade sobre a superfície e, ao mesmo tempo, seja muito menor a frequência que se deve limpar os vidros.

 

E não se preocupem, pouco a pouco, iremos vendo em profundidade cada tipo de vidro.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Uso de Cookies

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar os nossos serviços e a sua experiência na nossa web, mediante a análise dos seus hábitos de navegação. Se fechar este banner, clicar em algum link ou continuar navegando, dá-nos o seu consentimento para usar as cookies. Pode mudar a configuração ou obter mais informação na nossa Política de Cookies. Aceitar