Pegada de carbono pessoal da casa

Pegada de carbono pessoal da casa

A pegada de carbono é uma das maneiras mais simples que existe de medir o impacto ou a marca que deixa uma pessoa sobre o planeta na sua vida quotidiana. Sim, a sua casa também gera a sua.

Por vezes insistimos como a sua casa e hábitos são vitais para o seu bem-estar e das outras pessoas Hoje vamos priorizar um desses aspetos que vos ajudarão a saber como estão a favorecer ou a prejudicar o seu meio-ambiente: a sua pegada de carbono e da sua casa.

O que é a pegada de carbono?

A pegada de carbono é uma das formas mais simples que existe de medir o impacto ambiental que cada pessoa exerce sobre o planeta no seu dia-a-dia. Faz-se medindo o total de gases de efeito de estufa emitidos, medidos em unidades de dióxido de carbono (CO2), tanto de forma direta com indireta.

Sabendo este dado poderão ver qual é a vossa percentagem de responsabilidade no aquecimento global e ajudar-vos-á a tomarem consciência de como é importante proteger o meio-ambiente. Trata-se não só de grandes medidas, mas também de pequenas; e quanto mais quantidade de recursos necessitados e de emissões são produzidas, maior é a pegada sobre o meio-ambiente e como tal, maior o dano.

Esta medida, incidindo mais no âmbito das empresas, é cada vez mais conhecida e utilizada pelos cidadãos, e é surpreendente o alcance e as consequências que têm os nossos atos quotidianos como, por exemplo, com o simples facto de comer, em que já se polui.

Que fatores influem em casa com respeito à pegada de carbono?

Uma vez que se sabe da a importância desta ferramenta, é chegou a altura de ver que elementos há que ter em conta em sua casa e que têm a ver com a sua Pegada de Carbono Pessoal:

– Orientação e constituição da casa. A localização e o tamanho da vossa habitação, os materiais, as medidas passivas de aspetos como o isolamento são vitais na altura de garantir a eficiência e evitar perdas energéticas, que se traduzem em mais recursos e mais impacto sobre o planeta.

– Equipamento da casa. Por exemplo, a eficiência dos eletrodomésticos (mais eficiência logo menos emissões), o tipo de mobiliário, etc.

– Hábitos. Quanto mais saudáveis forem os hábitos menor será o tamanho da pegada. Para sermos mais exatos, a alimentação e o consumo que realizem podem poluir mais ou menos.

– O transporte que utilizem para chegarem e saírem de casa também influem na pegada de carbono. Por isso, não deixem de utilizar os transportes públicos ou meios sustentáveis como a bicicleta.

Como calcular a pegada de Carbono

Como calculo a minha pegada de carbono? É simples e não tem que inventar dados, nem nada do género. Presentemente, e graças ao desenvolvimento das novas tecnologias, existem muitos sites e aplicações com as quais podem saber como fazê-lo: são as chamadas calculadoras de carbono ou calculadoras da pegada de carbono pessoal.

 

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Uso de Cookies

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar os nossos serviços e a sua experiência na nossa web, mediante a análise dos seus hábitos de navegação. Se fechar este banner, clicar em algum link ou continuar navegando, dá-nos o seu consentimento para usar as cookies. Pode mudar a configuração ou obter mais informação na nossa Política de Cookies. Aceitar