Evitar problemas de humidade em casa

evitar-humidade-lar

Hoje vamos aprofundar sobre o bolor e as humidades em casa: as suas causas, efeitos e formas de evitá-lo. O bolor e as humidades numa casa não são apenas um problema estético, mas antes implica um risco para a saúde e o bem-estar das pessoas.

Os hábitos de cada um influem na humidade da casa. Um lar de três pessoas gera por dia aproximadamente 12 litros de humidade diária! Para fazer uma ideia, mostramos a seguir alguns dados da emissão de humidade por hora que permitem apreciar a enorme quantidade de humidade gerada por uma casauma máquina de lavar gera 300 gr., uma pessoa em repouso 30 gr., a realização de uma atividade ligeira gera 60 gr., cozinhar 1000 gr., ou tomar banho 2600 gr.

Se bem que ao falarmos de bolores muitas vezes pensa-se nas fugas de água, o certo é que não é necessário uma fuga de água para termos problemas de humidade e condensações: há muitas mais causas.

As principais causas da aparição de água da condensação são:

  • Mau isolamento térmico dos cerramentos ou vedações.
  • Defeitos de construção: fendas profundas, fugas nas canalizações e problemas de capilaridade que não são suscetíveis de ser reparados pelos moradores.
  • Instalação incorreta do aquecimento, por exemplo, uma colocação desfavorável (não colocada por baixo da janela) ou a utilização incorreta da mesma.
  • Uma má ou insuficiente ventilação: ao fazê-la mal e na altura inadequada passará para a fatura da sua casa.
  • E como adiantamos antes, a humidade também é desenvolvida pelos próprios habitantes da casa e as suas ações. Fora com os maus hábitos!

As causas da aparição de água da condensação são as seguintes:

  • Isolamento térmico insuficiente nos cerramentos ou vedações.
  • Defeitos de construção: fendas profundas, fugas nas canalizações e problemas de capilaridade que não são suscetíveis de ser reparados pelos habitantes da casa.
  • Instalação incorreta do aquecimento: por exemplo, uma colocação desfavorável (não disposta por baixo da janela) ou a utilização inadequada da mesma.
  • A humidade também tem origem nos próprios ocupantes da casa e nas suas atividades diárias.
  • Uma correta ventilação contribui para que a humidade não chegue a atingir valores demasiado elevados e não se produzam as temíveis condensações que provocam humidades.

 

Efeitos da humidade na saúde:

O certo é que com o excesso de humidade a saúde ressente-se por longo tempo. Os efeitos causados por ela são especialmente importantes em bebés, pessoas idosas e pessoas que sofrem de asma, alergias, doenças das vias respiratórias ou imunodeprimidas.

Além disso, o excesso de humidade ambiental aumenta a possibilidade de contrair certas doenças das vias respiratórias (como a asma ou a sinusite) e infeções pulmonares (como a bronquite). A humidade contida no ar também pode causar sensação de mal-estar, arrepios, cansaço, dificuldade em respirar, pés frios, dor de cabeça, maus odores, etc.

O bolor, por exemplo, é uma das principais causas de alergias. Os fungos são comuns nos lugares onde a água se acumula, tais como as cortinas da casa de banho, nos caixilhos das janelas e nas despensas húmidas.

Além disso, o frio e a humidade causam um aumento da dor em algumas pessoas com doenças reumáticas, e nas pessoas que alguma vez sofreram uma fratura dos ossos ou acidentes musculares.

Por outro lado, a humidade nas paredes é o habitat perfeito de ácaros, fungos e bactérias que podem provocar muitas doenças e alergias. Um grande número de pessoas desenvolvem alergias aos fungos, como por exemplo, a aspergilose, causada por um determinado fungo que afeta especialmente os bebés e pessoas adultas.

 

Alguns conselhos na prevenção da humidade:

  • Situar as fontes que geram humidade até ao exterior.
  • Usar desumidificadores: um complemento muito prático para a sua casa.
  • Aumentar a ventilação em toda a casa. Uma adequada ventilação em casa ajuda que os valores da humidade não se elevem demasiado e impeça que se instalem as temíveis condensações, que trazem humidades.
  • Utilizar extratores quando se cozinha, usar máquina de lavar louça, limpar a casa…
  • Reparar de imediato as fugas de canalização, pois não são as únicas fontes de humidade e bolor, embora seja uma das principais causas para provocar a sua aparição.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Uso de Cookies

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar os nossos serviços e a sua experiência na nossa web, mediante a análise dos seus hábitos de navegação. Se fechar este banner, clicar em algum link ou continuar navegando, dá-nos o seu consentimento para usar as cookies. Pode mudar a configuração ou obter mais informação na nossa Política de Cookies. Aceitar